Blog Claro Net Imóveis

Dicas de Decoração com lindos Armários

Na hora de escolher o armário para o quarto do casal ou dos filhos o objetivo deve ser unir bom gosto e funcionalidade. Assim, móveis fabricados com materiais resistentes, acabamento de boa qualidade e design que se adeque ao ambiente da sua casa e às suas preferências seriam a escolha ideal.

Imóveis a Venda no bairro Cidade Nova – BH
Smart Casas – Impressora imprime pequenas casas autossuficientes em apenas 8 horas
7 Direitos que os compradores de imóveis muitas vezes não sabem que têm!
7 Dicas para não cair em ciladas nos imóveis de leilões

Leia Mais

Smart Casas – Impressora imprime pequenas casas autossuficientes em apenas 8 horas

O engenheiro ucraniano Max Gerbut criou as Smart Casas, os modelo residenciais são autossuficientes em Energia, ele os chamoui de: A PassivDom.

7 Direitos que os compradores de imóveis muitas vezes não sabem que têm!

A casa é parcialmente automatizada com a ajuda de um robô que realiza impressão 3D. Ele é capaz de imprimir paredes, telhado e piso em somente oito horas. Construída com 20 centímetros de espessura e feitas de fibras de carbono, poliuretano, resinas, fibras de basalto e fibra de vidro. Já a instalação de portas, janelas, sistemas elétricos e encanamento fica por conta do trabalho humano. As casas são sempre pequenas -, ainda assim não deixa de ser um grande feito.

Leia Mais

7 Direitos que os compradores de imóveis muitas vezes não sabem que têm!

Atraso no projeto arquitetônico da obra, documentação, taxas e juros abusivos são alguns dos problemas mais comuns e que na maioria das vezes transformam o sonho de comprar casa própria em pesadelo.

O sonho da casa própria pode se tornar um pesadelo se o comprador não souber lidar com alguns imprevistos que podem acontecer no meio do caminho, como atraso e defeito na obra, além de taxas e juros abusivos.

7 Dicas para não cair em ciladas nos imóveis de leilões

Segundo Marco Aurélio Luz, presidente da AMSPA (Associação dos Mutuários de São Paulo e Adjacências), apesar das informações disponíveis, ainda falta aos consumidores mais consciência dos seus direitos.

“Antes, poucos compradores recorriam à Justiça. Agora, muitos têm conhecimento que é essencial, para solucionar seu problema, procurar o Poder Judiciário. Mas, infelizmente é preciso melhorar muito a proteção aos mutuários.”

Confira 7 dicas que a entidade preparou para os mutuários:

1- Atraso na obra
Caso a obra do imóvel atrase, o tempo para recorrer à Justiça é de cinco anos. O prazo passa a contar a partir da entrega das chaves ou expedição do “Habite-se”.

O proprietário do imóvel pode pleitear o pagamento da multa de 2% e mais os juros de mora de 1% ao mês pelo atraso, desde o primeiro dia do não cumprimento do que foi estabelecido em contrato para entrega do imóvel.

Além disso, cabe indenização por danos morais e materiais e lucro cessante, ou seja, o que o prejudicado deixou de ganhar ou se perdeu um lucro esperado.

Quais são os Direitos e Deveres do Inquilino e do Proprietário?

2- Defeito na construção
No caso de vícios aparentes no imóvel, cabe ao consumidor entrar com uma ação chamada “Obrigação de Fazer” contra a construtora. O prazo para reclamação de portas quebradas ou paredes mal pintadas, entre outros consertos, é de 90 dias após a entrega da chave.

Já para os defeitos ocultos, a queixa deve ser feita no prazo de um ano. Se a incorporadora não solucionar o problema, o comprador tem até 20 anos para recorrer ao Judiciário, conforme decisão do Superior Tribunal de Justiça. O pedido deve estar acompanhado do laudo técnico de um engenheiro discriminando o erro.

7 Cuidados na hora de comprar um imóvel na planta

3- Taxas abusivas
Para os consumidores lesados quanto ao Sati (Serviço de Assessoria Técnica Imobiliária) e a comissão do corretor, o prazo para reclamar em Juízo é de três anos e começa a contar após o seu pagamento total. Nessa situação, cabe a devolução do dinheiro em dobro, acrescido de correção monetária e juros.

A restituição deve acontecer de uma só vez, em até 15 dias. Após o prazo, incide acréscimo de 10% de multa e se não for pago podem ser penhorados os bens da imobiliária ou da construtora.

4- Juros indevidos
Para aqueles que enfrentam problemas com a cobrança de juros sobre juros, o tempo para recorrer à Justiça é de cinco anos, a partir do termino do contrato.

Nesse caso, é essencial requisitar na esfera judiciária, com base em jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça e o Superior Tribunal Federal, a restituição dos encargos financeiros, mesmo aqueles que já quitaram o pagamento do imóvel.

7 Cuidados na hora de comprar um imóvel na planta

5- Metragem
Se na vistoria, ficar comprovado que há diferença no tamanho de qualquer dos compartimentos do imóvel, superior a 5%, o dono do imóvel pode exigir o complemento da área, o abatimento no valor ou rescindir o contrato.

Quando a quantia for devolvida, a restituição deverá ser feita à vista, acrescida de multa e juros.  Além disso, também podem ser inclusos indenização, danos morais e materiais e lucro cessante.

6- Rescisão de contrato
Ao anular o acordo por problema pessoal, inadimplência ou até mesmo arrependimento, o dono do imóvel tem o direito de receber de volta 90% do valor já pago e de uma só vez.

Já se o distrato ocorrer devido ao atraso na obra ou irregularidade no empreendimento, o proprietário deve receber 100% do valor com as devidas correções.

7- Cobrança do condomínio antes de receber das chaves
Quando o morador não tem a posse do imóvel, é obrigação da construtora arcar com esse custo. O valor só poderá ser repassado aos compradores quando esses estiverem de posse das chaves.

Para resolver o problema, o consumidor tem duas opções: a primeira é recorrer ao Poder Judiciário, suspender o pagamento das parcelas e depositá-las em Juízo.  A outra é continuar pagando as parcelas e depois entrar com uma ação pedindo o ressarcimento dos valores em dobro.

EXTRA:

8- Atualização de juros antes da entrega do imóvel
Durante a construção da propriedade pode haver apenas a atualização do valor com base no INCC (Índice Nacional de Custo da Construção).

Os juros remuneratórios, que geralmente giram em torno de 1% ao mês, poderão incidir em cima do saldo devedor apenas após receber as chaves ou expedição do “Habite-se”. Se a construtora descumprir o contrato, o consumidor tem o direito de pedir de volta o valor cobrado a mais nas prestações.

 

Via: infomoney

7 Dicas para não cair em ciladas nos imóveis de leilões

Os preços baixos atraem muitos compradores nos leilões, mas você sabe quais precauções deve tomar para não entrar em uma cilada? Todos os procedimentos necessários para ter êxito em um leilão são realizados antes da batida final do martelo. Para iniciar sua empreitada em busca do imóvel perfeito, você terá que fazer uma pesquisa minuciosa em todo o histórico para identificar e antecipar possíveis contratempos. Veja, abaixo, as dicas que separamos:

Leia Mais

Quais são os Direitos e Deveres do Inquilino e do Proprietário?

Na hora de comprar ou alugar um imóvel sempre surgem aquelas dúvidas sobre os Direitos e Deveres do Proprietário e do Inquilino.  Pensando neste requisito selecionamos alguns pontos importantes a respeito da lei do inquilinato e dos direitos e deveres do proprietário e o inquilino do imóvel.

Para que a relação entre o locador, locatário e imobiliária seja correta, o ideal é que cada uma das partes conheça os seus direitos e deveres segundo a lei nº 8.245, de 1991, também conhecida como Lei do Inquilinato.

7 Cuidados na hora de comprar um imóvel na planta

Leia Mais

7 Cuidados na hora de comprar um imóvel na planta

Está planejando comprar um imóvel planta? Conheça alguns cuidados antes de adquirir o empreendimento.

É o grande sonho de muitos brasileiros adquirir a casa própria. Mas e quando o imóvel está na planta, você sabe como se resguardar para evitar dores de cabeça?

1. Trabalho da incorporadora

► Como fazer a compra de imóveis com segurança?
► Aluguel e Venda de Imóveis Cidade Nova

Leia Mais

O que é mais rentável? Investir em Ações ou Imóveis?

Um grupo renomado de economistas realizaram um estudo com banco de dados com retorno anual de 4 investimentos entre 1870 e 2015 em 16 países que hoje são ricos; veja o resultado

Imagine se pudesse voltar no tempo, precisamente em 1870 e pudesse escolher quais investimentos deixariam sua família rica nos dias de hoje. Qual seria a melhor opção? A resposta foi unânime: Imóveis Residenciais, de acordo com um estudo monumental publicado recentemente.

Como fazer a compra de imóveis com segurança?
► Aluguel e Venda de Imóveis Cidade Nova

Um grupo renomado de economistas realizaram um estudo com banco de dados com retorno anual de 4 investimentos entre 1870 e 2015 em 16 países que hoje são ricos. São eles Austrália, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Japão, Holanda, Noruega, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos.

Os investimentos analisados foram ações, Imóveis e dois tipos de garantias governamentais: Letras do Tesouro (prazo curto e rendimento fixado) e Títulos do Tesouro (prazo longo e rendimento variável).

Leia Mais

Os 10 edifícios mais exóticos do mundo

Quem nunca passou na frente de um edifício bonito? Com belos jardins, fontes de água que mais parecem ter saído de um conto de fadas? Pois é, hoje selecionamos 10 imagens de edifícios exóticos e alguns até bizarros, eu diria.
Vamos mostrar logo abaixo, mas antes queremos saber: Você está procurando por imóveis em BH para alugar ou vender? Casas, Apartamentos, lojas ou Salas no bairro Cidade Nova para alugar ou comprar? A Claro Net Imóveis tem o imóvel dos seus sonhos e nas condições que cabem no seu orçamento. Consulte-nos!
Telefone: (31)3586-0209
Endereço: Rua Dr júlio Otaviano Ferreira nº814 – Bairro Cidade Nova
E agora, fiquem com Os 10 edifícios mais exóticos do mundo:

Leia Mais

Como fazer a compra de imóveis com segurança?

Para comprar imóvel com segurança é investigar bastante a vida do vendedor e/ou da imopbiliária que está intermediando a venda.

É preciso saber inclusive se o proprietário tem namorada, isso mesmo. Isso porque uma relação estável pode dar margens a divisão de bens numa eventual disputa judicial. A advogada especializada Ivone Zeger diz que é preciso solicitar ao vendedor do imóvel uma declaração de que ele tem ou não uma relação estável. “Uma namorada pode fazer um pedido de reconhecimento de união estável.” Com isso, a pessoa pode solicitar a divisão do bem, cobrar isso do comprador e causar problemas na negociação.

Leia Mais